Share Growth

Vive a vida

Um dos grandes desafios, a meu ver, de ser empreendedor é conseguir desligar o “botão”. Já te aconteceu acordares a meio da noite com uma ideia brilhante, acenderes a luz e escreveres num bloco de notas que está na tua mesa de cabeceira? Quantas vezes dás por ti no meio de uma conversa com outras pessoas, e não estás lá? Ou … quando vais de férias e dás por ti a colocar livros técnicos na mala? Sem esquecer claro, quando existem prazos para terminar certas tarefas, e trabalhas horas a fio sem se quer te lembrares de comer?

Eu sei que ao início parece engraçado termos ideias a toda a hora, mas chega a um ponto que passa a ser desgastante para nós, tanto psicologicamente como fisicamente. Andamos demasiado focados nos projectos, e de certa forma até somos felizes enquanto nos dedicamos ao que fazemos, mas a verdade é que não podemos esquecer de criar espaço para outras boas coisas entrarem e permanecerem na nossa vida.

Confesso que para mim tem sido desafiante manter um equilíbrio entre tudo, mas isto é o que tenho sempre em mente que devo fazer: Comer de forma saudável, ir ao ginásio e dormir 8horas por dia são (como diz o meu Pai) os pilares de uma vida saudável; Passarmos tempo com a nossa família e amigos, sem ter o telemóvel ao pé para evitar precisamente de ter o “botão” do alerta sempre ligado; Termos hobbies que nada tenha a ver com o nosso trabalho; e acima de tudo, termos tempo para estarmos sozinhos e dedicarmo-nos ao nosso autoconhecimento. Não tenho dúvidas que conseguindo fazer estas pequenas coisas diariamente, são o grande motor (em paralelo com a Paixão claro) que nos “alimenta” para continuarmos a realizar os nossos sonhos.

Eu sei que é preciso muito trabalho para atingirmos resultados, mas tenham calma. O mundo não acaba amanhã. A verdade é que não podemos fazer o máximo todos os dias. Há que definir bem as prioridades, tentarmos perceber se existe possibilidade de retirar algum peso de cima de nós delegando algumas tarefas a outras pessoas, e tudo vai correr bem.

Abre os braços e recebe o que de bom a vida tem para te oferecer! Vive a vida! O sucesso profissional não significa felicidade. O verdadeiro sucesso é a roda da vida estar equilibrada. E a isto podemos sim, chamar de Felicidade! Fica a dica 🙂

Até breve,

Joana Glória

“Vai. E se der medo, vai com medo mesmo! – já fizeste Canyoning?”

Desde pequena sempre tive espírito de aventura! Recordo-me quando ia para as colónias de férias no verão, queria experimentar tudo! Rappel normal, australiano, suspenso, Slide, escalada, kayak, etc.

Quando fui à Madeira em 2014, ia com vontade de experimentar Canyoning. Infelizmente ninguém alinhou comigo! No ano a seguir quando fui a São Miguel também ninguém quis alinhar, então decidi ir sozinha! Para quem não sabe o que é Canyoning, é um desporto de aventura que consiste na exploração progressiva de um rio usando várias técnicas e materiais que podem combinar rapel, escalada, espeleologia, saltos, tobogãs, etc.

Fiz a minha pesquisa, li comentários de pessoas que já tinham experimentado esta actividade, e encontrei a “Azorean Active Blueberry”. Os comentários eram excelentes, não havia relatórios de incidentes, e decidi marcar com eles! A curiosidade e adrenalina eram muita! O medo ia chegando conforme nos aproximávamos do local onde íamos fazer a actividade, no Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões!

http://www.azoreanactiveblueberry.com

Chegados ao local e já equipados, no início do caminho até chegar ao Canyon deu para ir conhecendo os outros participantes. A maioria deles uns verdadeiros fanáticos do Canyoning! Um amigo meu que já tinha feito esta actividade, recomendou-me eu tentar ser sempre a primeira a ir no desafio para não ir acumulando medo!  Assim o fiz! O meu maior medo mesmo era saltar as cascatas! Conforme íamos avançando no rio, as cascatas eram mais altas, e eu ia ficando com mais medo! Recordo-me de perguntar ao Paulo qual era a altura da maior de todas! 6 metros foi a resposta! Meti logo na cabeça que não ia saltar! Entre saltos, slides, caminhar e nadar, lá se passaram algumas horas de puro contacto com a natureza, até que o momento mais difícil de todos chegou e eu disse: “Não salto!”! Mas este pensamento não durou nem 1 minuto! Enquanto todos preferiram deixar os outros saltar primeiro, talvez para ganhar tempo e coragem, uma das participantes que tinha 55 anos deu um passo à frente e disse que saltava! O orgulho foi tanto que a seguir fui eu! Saltei! Com medo, muito! Mas saltei!

A sensação de sentir um vazio durante a queda, o não saber o que vai acontecer no vazio da queda mete-me medo! E são estas experiências da vida que por vezes nos fazem pensar e nos ajudar com situações do nosso dia a dia! Tantas vezes não fazemos algo que queremos tanto por falta de coragem e/ou por medo! Estávamos ali todos para o mesmo naquele momento, e receber a força e motivação dos instrutores e dos outros participantes foi sem dúvida alguma uma chave importante. Por isso já vos tinha falado da importância de quando pedimos conselhos a alguém, que seja a pessoas positivas, a pessoas que nos apoiem, a pessoas que nos desafiem pela positiva! Ou até pessoas que queiram caminhar na mesma direção que nós! E não nos podemos esquecer que para experienciarmos coisas novas e desafiantes, também temos de fazer coisas que nunca fizemos na vida! E aí meus amigos, na hora que saímos da nossa zona de conforto …  a nossa recompensa é imediata e a magia acontece! É por isto que gosto de fazer coisas diferentes.

Até breve,

Joana Glória

Entrevista à Revista Municipal da Câmara Municipal de Lagos na Rubrica: “Gente de Cá” 

É com muita alegria que partilho aqui convosco a entrevista que dei para a Revista Municipal da Câmara Municipal de Lagos. A revista já conta com 5 edições, e eu tenho o prazer de ser a primeira mulher a ser entrevistada na rubrica: “Gente de cá”.

Para quem quiser ler no website, deixo aqui o link

https://www.cm-lagos.pt/…/camara-municipal/revista-municipal

“Empreender, mudar de carreira e falar em público em Lagos”, pelo Jornal “Diarionline Região Sul”

O nosso projecto de Workshops de Introdução à Transição de Carreira, Empreendedorismo e Public Speaking já despertou a curiosidade dos Media! Obrigado ao DiariOnline Região Sul pela divulgação deste bonito projecto que tem como objectivo chegar a todos os cantos do país!

Partilho aqui em baixo o Link do artigo para lerem:

Empreender, mudar de carreira e falar em público em Lagos

Para além desta notícia, gostaria de partilhar convosco a minha alegria em saber que a 1ª edição deste Workshop pelos vários municípios do nosso País esgotou em menos de 24horas! Quem sabe haverá ainda uma 2ª edição em Lagos 🙂

“Lagos oferece Workshop para ajudar “pessoas infelizes no trabalho””, pelo Jornal Barlavento 

“Tendo em vista «formar empreendedores criativos, competitivos, resilientes e capazes de correr riscos com as melhores técnicas de comunicação», o workshop pretende dotar os participantes de ferramentas para uma melhor adaptação à mudança, ao mundo globalizado e à busca pelos seus desejos profissionais”, são as palavras do Barlavento que também já falam do nosso Workshop inovador!

Para leres o artigo por completo, consulta o link em baixo:

Lagos oferece Workshop para ajudar «pessoas infelizes no trabalho»

“Workshop em Lagos vai ajudá-lo a empreender, mudar de carreira e falar em público”,

pelo Jornal “Algarve Primeiro” 

“O workshop pretende ainda dotar os participantes de ferramentas para uma melhor adaptação à mudança, ao mundo globalizado e à busca pelos seus desejos profissionais”.
Estas são algumas das palavras do Jornal Algarve Primeiro acerca do nosso Workshop!

Para leres o artigo por completo, consulta o link em baixo:
https://www.algarveprimeiro.com/d/workshop-em-lagos-vai-ajuda-lo-a-empreender-mudar-de-carreira-e-falar-em-publico/30142-4

“Lagos ensina a ser empreendedor e a falar em público”,

pelo Jornal “Sul Informação” 

É uma enorme alegria para mim marcar o arranque desta digressão de Workshops em Lagos, na minha cidade Mãe!

Muito bem acompanhada pelos meus colegas Vitor Monteiro e Ricardo Trêpa que embarcaram nesta aventura comigo, queremos levar o nosso conhecimento e experiência a todos os cantos do nosso país e IMPACTAR o máximo de pessoas possível!

Gratos pelo artigo Sul Informação !

Para leres o artigo por completo, consulta o link em baixo:

Lagos ensina a ser empreendedor e a falar em público

Entrevista para “Mulheres à Obra” enquanto

Patrocinadora do grupo

Sempre a investir na minha Marca Pessoal e na minha rede de contactos, eis que dei inicio a uma nova etapa! Patrocinadora do famoso grupo das Mulheres à Obra ! É um prazer contribuir com o meu conhecimento e experiência para este grupo de mulheres empreendedoras! Convido-os a ler a minha entrevista no link em baixo!

No sofá com a Empreendedora Joana Glória – Eat at a Local’s

1ª Edição em Lagos – Workshop de Introdução à Transição de Carreira,

Empreendedorismo & Public Speaking

Apresento-vos a 1ª turma de Empreendedores Fantásticos do nosso “Workshop de Introdução à Transição de Carreira, Empreendedorismo e Public Speaking” em Lagos.

Em meu nome, do Vitor Monteiro e do Ricardo Trêpa, gostaríamos de agradecer à Câmara Municipal de Lagos, e em especial ao Sr. Presidente Hugo Miguel Henrique Pereira o interesse em proporcionar aos habitantes de Lagos um fim de semana extraordinário, cheio de novas aprendizagens e que certamente ficará na memória de todos eles por muito tempo.

A sala esgotou e o interesse por estas temáticas está à vista! Uma sala cheia de potencial e prontos para “saltar fora da caixa”, esperamos de coração ver muito em breve projectos novos a crescer e que com isso tragam também à nossa cidade mais inovação, que inspirem também outras pessoas a fazer aquilo pelo qual são verdadeiramente apaixonados!

Aos participantes, os nossos parabéns por terem se desafiado a vir passar um fim-de-semana inteiro connosco! Vocês são a prova de que quando se quer mesmo muito, fazemos de tudo para o conseguir! Parabéns pela vossa entrega e dedicação a cada exercício proposto e agora … é só arregaçar as mangas e fazer acontecer!!!

Até breve

PS: O vídeo deste fim de semana extraordinário está disponível para visualização na Página de Facebook do “Dream and Make it Happen by Joana Glória”

Networking: Dicas para quando fores a um Evento de Networking 

Quando vivia em Lagos no tempo que tinha 2 Guesthouses, andava sempre a caminho de Lisboa para ir a eventos pois a curiosidade em conhecer gente nova sempre me fascinou! Dei por mim a ouvir os meus amigos a dizerem-me: “Tu conheces meio mundo!”, e foi aí que comecei a aperceber-me do potencial que tinha em mãos.

 

Sem saber bem o que andava a fazer, comecei a criar uns eventos de Networking chamados “After Work Moment”. O primeiro foi em Abril de 2017 no terraço do Mar d’Estórias em Lagos, e ainda realizamos alguns naquele ano! Depois fui para Lisboa viver, e aí então continuei a alargar a minha rede de contactos indo a eventos, apresentações de livros, formações, etc., estava no sítio perfeito para ampliar ainda mais a minha rede de contactos.

Em conversas de reflexão de final de ano com uma amiga, ela confessou-me que tinha sido um ano menos positivo para ela no sentido de que não tinha conhecido ninguém e que não se sentia à vontade para ir a eventos sozinha.  Não sabia bem como meter conversa com as pessoas e perguntou-me como é que eu fazia. Para mim, como se costuma dizer, meter conversa com pessoas que não conheço é o pão nosso de cada dia, e então decidi partilhar contigo algumas dicas para quando fores a um Evento de Networking. Desafia-te e vais ver que em menos de nada vais começar a sentir-te mais confortável em ambientes de Networking e a ampliar a tua rede de contactos num piscar de olhos!

Aqui vão elas:

Dica 1- Postura aberta e sorriso na cara! Este é sem dúvida alguma um excelente cartão de visita para quem nos observa;

Dica 2- Vai sozinho, as chances de conheceres pessoas novas e aumentares a tua rede de contactos são bem maiores;

Dica 3- Não te esqueças de levar cartões de visita, fica sempre bem;

Dica 4- Se tens vergonha ou achas que não tens nada de interessante ainda para contar, pratica a escuta activa. Observa como é que os outros fazem e um dia mais tarde quando deres por ti estarás a fazer o mesmo;

Dica 5- Se estiveres confortável, apresenta-te! Há sempre alguém que conhece alguém que os poderá meter em contacto e quem sabe acontecer uma parceria de negócio, nunca se sabe;

Dica 6- Mostra-te verdadeiramente interessado em conhecer as pessoas e tenta encontrar pontos em comum. Criar empatia é fundamental e quanto mais autêntica e verdadeira melhor será a relação a criar;

Dica 7- Caso tenhas acesso à lista de participantes e se tiveres interesse em falar com alguém em particular, prepara-te;

Dica 8- Não te esqueças de preparar o teu Pitch! Teres uma apresentação curta de quem és e o o que fazes é fundamental nos dias de hoje;

Dica 9- Se tiveres oportunidade de ajudar alguém com algum contacto ou conhecimento, não hesites. Investir em relacionamentos é uma das melhores coisas que podemos fazer para a nossa Marca Pessoal;

Dica 10- E em último, após o evento não te esqueças de fazer o folllow-up dos contactos e de convidar alguém que te interesse aprofundar uma relação profissional para um almoço pois o almoço é a refeição mais importante para quem pretende desenvolver uma boa rede de contactos!

Ainda te parece tão difícil? Desafia-te já! As vantagens são mais do que ficares na tua zona de conforto, acredita no que te digo!

Até breve,

Joana Glória

Resiliência, a grande aliada dos Empreendedores de Sucesso 

(Artigo escrito para o Portal das Mulheres à Obra)

A Resiliência sempre foi e sempre será uma das chaves do sucesso de qualquer empreendedor.

Muitos falam na incerteza, no medo do que aí vem, na crise económica e por aí em diante! Dizem que sou demasiado otimista, que vejo sempre a versão cor-de-rosa de tudo. A verdade é que é, precisamente, essa dose de otimismo que me faz arregaçar as mangas e querer andar para a frente.

Claro que corro riscos e já correu mal. Ainda assim, prefiro arriscar do que ficar a pensar: “E se…?”.

Quando acreditamos de verdade naquilo que estamos a fazer, não há nada que nos faça parar. Concordas comigo?

Os vários desafios que todos nós atravessamos neste momento são enormes.

Precisamos de estar preparados para mudanças e imprevistos, treinar a nossa capacidade de nos adaptarmos às circunstâncias, e de nos reinventarmos. Quantos de nós não tiveram de se reinventar e aos seus negócios?

Obstáculos e desafios irão sempre existir. Essa é a realidade e trabalhar a nossa resiliência é fundamental. Desistir dos nossos sonhos, dos nossos projectos e negócios, não é opção.

Quanto mais trabalharmos a nossa capacidade de resiliência, mais aptos estaremos para dar a volta por cima.

Surgirão certamente momentos que te irás questionar do que verdadeiramente queres e se estarás no caminho certo.

Irás sempre encontrar pessoas e situações que vão colocar em questão o teu verdadeiro “porquê”.

Se o teu “porquê” for forte o suficiente, se viveres em congruência com os teus valores e se já tiveres trabalhado a tua análise swot pessoal, a tua capacidade de resiliência vai-se tornando cada vez mais forte. Assim, estarás mais apto a lidar com situações adversas. Irás ver como que de um momento para o outro, o foco deixará de ser o problema e sim a solução.

Para mim, a liberdade é o meu maior valor.

Liberdade para concretizar as minhas ideias, liberdade para gerir o meu tempo, liberdade geográfica.

É a liberdade que não me deixa desistir, mesmo nos dias mais difíceis que todos nós temos. E está tudo bem! Esses dias também são importantes para que façamos avaliações do ponto de situação em que nos encontramos. Só assim existe a possibilidade de adaptarmos a nossa estratégia para que os nossos objectivos sejam alcançados.

A resiliência tem sido uma das minhas maiores e melhores amigas neste caminho de empreendedora e acredito que este é um dos ingredientes fundamentais para todos aqueles que são, e os que querem ser empreendedores.

Esta é uma fase que, mais que nunca, nos convida a sairmos das nossas zonas de conforto e, por consequência, trabalharmos a nossa resiliência.

Vamos ter de fazer coisas diferentes, vamos precisar de estar atentos ao que se passa lá fora para irmos adaptando a nossa estratégia sempre que necessário. Faz a diferença! Sê transformador! Arrisca! Trabalha a tua flexibilidade mais que nunca.

Questiona até aquilo que disseste que achavas que não fazia sentido e que não querias. Experimenta coisas novas, só assim poderás alcançar algo que nunca pensaste vir a alcançar.

Não tenhas medo da mudança ou da incerteza. A magia só acontece quando temos um mindset flexível e nos atrevemos a fazer algo que nunca foi feito. Mais uma vez: foco na solução e nunca nos problemas.

Como ter um mindset flexível?

É simples. Antes de tudo, tens de sentir que já és capaz de realizar tudo aquilo a que te propões e usar as tuas Paixões e o teu “porquê” como combustível. A partir daí, precisas de traçar um plano e começar a fazer acontecer!

Só irás concretizar os teus objectivos se tentares e não tiveres medo do fracasso porque até o fracasso, por vezes, se pode tornar no nosso melhor amigo! Traz-nos lições valiosas que iremos levar para toda a vida. E se, um dia, fores abençoado com essa experiência, que espero que sim, que tenhas a capacidade de te reerguer e voltar ao teu caminho. Já fizeste uma vez e sabes como se faz. Sê positivo!

Queres aumentar a tua capacidade de resiliência? Espreita estas dicas:

  1. O mais importante de tudo é saber o que queres e para onde queres ir. É fundamental que tenhas muito bem definido qual o teu rumo para que consigas traçar os teus objetivos e para os alcançares com sucesso.
  2. Como já falámos acima, identificar qual o teu “porquê, o teu combustível. É isto que nunca te irá deixar desistir daquilo que mais queres e no que acreditas.
  3. Foca-te sempre nas soluções e não nos problemas. Vais ver que, conforme a tua capacidade de resiliência for sendo trabalhada, irás começar automaticamente a pensar nas soluções e por consequência, ser ainda mais positivo.
  4. Rodeia-te das pessoas certas, tanto a nível pessoal como profissional. Pessoas que te apoiem, que puxem por ti e pelo teu melhor.
  5. E, por fim, trabalha a técnica da visualização. A visualização leva-te onde quiseres, basta teres um objectivo claro e realista. Cria imagens na tua mente da concretização desse objectivo, recria emoções e pensamentos. A visualização tem tudo a ver com performance, resultados e sucesso!

Ser Empreendedor tem os seus altos e baixos e acredita que é nos momentos menos bons que mais aprendemos e crescemos como pessoas e profissionais.

E sabes qual é o maior truque de todos? Desfrutar de todo o caminho!

E antes de terminar, gostaria de partilhar contigo um texto maravilhoso que adoro, que leio com bastante frequência, e que sei que te vai inspirar para os próximos dias.

“Coragem todos os dias

A coragem é a capacidade de realizar tarefas que parecem intransponíveis, assustadoras ou incertas.

E não está apenas reservada a uns quantos escolhidos.

A coragem é um direito de nascença. Está dentro de cada um de nós. E está à espera de ser descoberta.

Um momento de coragem pode mudar o seu dia. Um dia pode mudar a sua vida. E uma vida pode mudar o mundo.

É esse o verdadeiro poder da coragem; ela revela-nos aquilo que somos quando damos o nosso melhor.

Descubra a sua coragem e conseguirá realizar e experimentar tudo o que sempre sonhou.

Sim, até mesmo mudar o mundo.”

– Mel Robbins

Até breve.

Saudações Empreendedoras,

Joana Glória – Dream & Make It Happen

 

E tu, tens um Plano de Carreira? 

Nós, empreendedores(as), estamos neste momento a atravessar talvez um dos períodos mais desafiantes das nossas carreiras. Muitos de nós tivemos de nos adaptar, outros reinventar, outros(as) possivelmente ainda estão um pouco perdidos(as), mas hoje quero-te falar de uma solução que é fundamental para qualquer pessoa que se interesse pela sua carreira: Um plano! Já fizeste “O” Plano da tua Carreira?

Comecei a minha carreira na área de Gestão Hoteleira, depois como empreendedora também na mesma área, proprietária de duas Guesthouses. Há cerca de um ano dei por mim a dar formações em redes sociais e empreendedorismo! Como criativa que sou, adoro fazer imensas coisas, mas há algum tempo que sentia que não estava focada o suficiente, e os resultados não eram tão positivos como de costume. Foi aí que senti que devia começar a traçar o meu Plano de Carreira.

Com o início das formações em Empreendedorismo, onde ajudo pessoas a fazerem transições de carreira, outras a lançar os seus projetos, entre outros objetivos, comecei também a minha carreira enquanto Coach de Carreira.

E, afinal, no que consiste um Plano de Carreira? Não é nada mais nada menos, do que uma lista de objetivos a curto, médio e longo prazo, traçados para o futuro da tua carreira. A ideia é traçar um plano de ação com todos os passos a dar por ordem cronológica, e de preferência na direção em que os teus objetivos sejam alcançados.

Posso adiantar-te desde já, que assim que o fizeres, um dia mais lá à frente vais agradecer a ti próprio(a) por o teres feito e perceber a sua importância!

Já começaste a trabalhar e achas que é tarde para elaborares o teu plano de carreira?

Nunca é tarde! A verdade é que o podes fazer em qualquer altura da tua vida. É no momento da realização deste plano que te vais aperceber não só da direção para onde desejas caminhar, mas também ver se tens todas as competências necessárias para atingires os teus objetivos, ou se terás de adquirir e desenvolver novas competências. Quando tiveres o teu plano elaborado vais ver que o teu foco e realização profissional vão aumentar drasticamente e vais conseguir ver de forma mais clara todos os passos que precisas dar para lá chegares.

Bem, então o que é realmente importante analisar antes de elaborar o teu plano de carreira?

  • Saber para onde queres ir

Hoje mais do que nunca é importante que definas para onde queres ir e como vais lá chegar. Estás mesmo numa de deixar a pandemia decidir a tua carreira? Pois claro que não. Qualquer empreendedor, seja ele trabalhador por conta própria ou por conta de outrem, tem a capacidade de se adaptar e reinventar rapidamente, por isso nada de procrastinação. Toma as rédeas da tua vida profissional. Não te esqueças que o bem-estar emocional e a realização a nível pessoal são fundamentais e fazem parte da carreira, daí a importância de pensares a tua vida no futuro, fazendo uma simbiose entre a tua vida pessoal e profissional.

  • Procurar a felicidade no trabalho

Se acordas todos os dias com um brilho nos olhos e entusiasmado(a) por ir trabalhar é porque realmente estás alinhado(a) com os teus objectivos e valores. Ainda assim, recomendo que faças o teu plano de carreira. Mais lá à frente vais encontrar umas perguntas-chave para refletires e saberás o que fazer depois.

Caso não estejas satisfeito(a) e sintas que não é aquilo que queres fazer, está na hora de começares a fazer o teu plano de carreira, bem como um plano de transição de carreira.

Numa fase de transição de carreira é importante que estabeleças uma data para mudares de trabalho e que até lá vás atingindo pequenos objetivos que te direcionem ao teu objetivo principal. Não sabes como fazer ou lá chegar? Procura a ajuda de um Coach de Carreira.

Não podia passar para o ponto seguinte sem antes falar também de dois aspectos muito importantes: és workaholic? Estás à beira de um esgotamento? Cuidado! É mesmo tempo de parar e refletir se vale a pena todo esse excesso de entrega. Não é só a tua saúde que está aqui em questão, mas também o equilíbrio entre a tua vida pessoal e profissional. Queres deitar isso a perder?

No último artigo que escrevi sobre resiliência, falei também sobre a importância da técnica da visualização. Ela leva-te onde tu quiseres ir, mas para isso precisas de ter clareza nos teus objetivos. Recria emoções e pensamentos! A visualização tem tudo a ver com performance, resultados e sucesso! Fica a dica.

  • Definir os teus objetivos de carreira

Vou deixar-te aqui algumas perguntas para que reflitas e ganhes clareza sobre uma série de aspetos importantes para a estruturação dos teus objetivos e elaboração do teu plano de carreira.

– O que é para ti sucesso na tua carreira? Já o alcançaste alguma vez? Em que trabalhavas quando o atingiste?

– O que é que mais gostas de fazer? Essa atividade faz parte da tua vida profissional? Se não faz, o que podias fazer para que isso acontecesse?

– Quem são as pessoas que mais admiras e porquê?

– Se dinheiro não fosse preocupação na tua vida, o que mais gostarias de fazer a nível profissional?

– Imagina-te no teu futuro, num momento em que alcançaste um grande sucesso da tua carreira. Como é a tua vida?

– Se não houvesse qualquer obstáculo, qual era o maior feito que gostarias de conquistar na tua carreira?

– Por fim, a pergunta mais importante de todas: como gostarias de estar na tua carreira daqui a 5 anos? 10 anos? 15 anos?

Uma vez que os teus objetivos estejam claros, é hora de traçar o teu plano de carreira, passo a passo.

E, por fim, gostaria de partilhar contigo ainda duas coisas. A primeira é que invisto bastante na minha Marca Pessoal. Talvez seja interessante começares a investir também nisso, pois é um dos aspetos mais importantes na gestão da tua carreira, e é o tema do meu próximo artigo aqui na rubrica de “Inspirar à acção” das Mulheres à Obra.

A segunda, é dizer-te que é normal que o teu plano de carreira sofra algumas alterações. O meu já sofreu e sabes que mais? Está tudo bem. É importante que faças um balanço todos os anos do que já alcançaste e mudar alguma estratégia caso necessário. E, para isto, é fundamental que tenhas um Mindset Flexível.

Até breve.

Saudações Empreendedoras,

Joana Glória